Image Map

O que é o amor?

07 maio 2015


O grupo Rotaroots escolhe todo mês alguns temas para a blogagem coletiva e um dos temas de maio é o amor, esse assunto que rende tantos filmes, livros e músicas.

O amor pode existir de diversas formas (entre duas pessoas, uma pessoa que não é correspondida, uma pessoa e seu animal de estimação, time, banda favorita, etc). Amor, pra mim, tem tudo a ver com admiração. É difícil você continuar amando uma pessoa que você não admira, seja pela personalidade, suas ações, gostos ou qualquer outra coisa. E pra admirar alguém você não precisa possuir aquela pessoa. Quando você acha que aquela pessoa é sua e não pode ter uma vida independente de você, você não ama ela, mas sim o relacionamento que vocês têm.

Amar alguém (e ser amado) também não deve ser sinônimo de sofrimento. Não é normal sofrer por amor, como sempre vemos nos filmes as pessoas tendo relacionamentos super dramáticos. Normal é ter uma relação tranquila e respeitosa com quem você ama, em qualquer tipo de relacionamento.

Amor também é muito confundido com ter frios na barriga, nervosismo, confusão mental. O nome disso é insegurança. Só ficamos nervosos com a ideia de ver alguém quando achamos que não podemos errar, como bem diz esse texto da Capitolina.

Se você está em algum relacionamento (amoroso ou não) que te traz algum tipo de sofrimento, você não é obrigado a continuar nele. Sofrimento e ansiedade não são itens obrigatórios quando nos relacionamos com alguém. Só a insegurança faz as pessoas continuarem em relacionamentos ruins ou abusivos e tem gente que adora destruir a auto estima de namorados/amigos porque sabe disso. Fuja dessas pessoas.
Nós aceitamos o amor que achamos que merecemos!



Leia mais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Além do look do dia. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design