Image Map

5 motivos para você repensar o consumo de carne

20 dezembro 2017


Quem acompanha o blog sabe que sou ovolactovegetariana há mais de quatro anos. Isso significa que não como nenhum tipo de carne, apenas consumo derivados de animais como leite e ovos.

O tema está sendo cada vez mais falado, até pela adesão de blogueiras, como a Niina Secrets e a Ana Paula Buzzo.

Muitas pessoas nem sequer imaginam suas vidas longe da carne, mas é muito possível e não é preciso abrir mão da vida social por isso!

Abaixo estão alguns motivos para você repensar a sua alimentação e iniciar 2018 com mais saúde (e até uma pele melhor!):

1. Bom humor

Um estudo feito em 2012 fez um teste com grupos de pessoas que comiam carne e que não comiam. Após apenas três semanas de dieta vegetariana, as pessoas desse grupo já apresentavam melhores níveis de humor!

Quem deixa de consumir carne se sente melhor consigo mesmo, se sente mais leve (afinal a digestão da carne pode ser lenta) e começa a enxergar os animais e a própria natureza de outra forma.

2. Vida mais longa

Vegetarianos são menos propensos a morrer de doenças crônicas, segundo alguns estudos. Por isso é possível dizer que quem não consome carne vive mais tempo.

Um estudo da Loma Linda University, que monitorou vegetarianos e consumidores de carne durante seis anos, revelou uma taxa de mortalidade 12% menor para o primeiro grupo.

3. Menos chances de ter diabetes

Pessoas vegetarianas correm menos risco de terem diabetes, problemas cardíacos e de colesterol.

As pesquisas que revelam isso não concluem se o menor risco dessas doenças é pela alimentação sem carne ou porque vegetarianos tendem a se preocupar mais com a saúde. 

Outra doença com menor incidência em vegetarianos é o câncer.

4. Descobrir novos sabores (e lugares)

Uma das melhores coisas de se tornar vegetariano são as novas descobertas gastronômicas! Quando fazemos esse tipo de mudança na nossa alimentação, a nossa vida acaba mudando muito.

Repensei muitos hábitos e passei a comer coisas que antes passava longe (como berinjela ou rúcula). Além disso, aprendi a cozinhar muitas receitas novas, como strogonoff de palmito, ratatouille... Fora isso, descobri muitos novos lugares, que jamais iria se não fosse vegetariana!

5. Economia

Já falei muito aqui no blog sobre finanças, afinal ultimamente tenho estudado muito sobre o assunto. Ser vegetariana realmente só ajuda nisso, pois com o valor do kg de carne é possível ter muitas refeições baseadas em vegetais.

É um mito a ideia de que ser vegetariano é caro, existem muitas opções acessíveis de produtos sem nada de origem animal.

Se você tiver uma alimentação baseada em itens importados ou gourmet, claro que será caro, mas é possível ter uma vida vegetariana apenas com itens do supermercado ou da feira.

Fica a dica para você melhorar a sua saúde e a sua qualidade de vida em 2018!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Além do look do dia. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design